lockquote Top 5 mortes literárias ~ Diurnos - Os Leitores

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Top 5 mortes literárias





[Contém Spoiler] Os livros citados neste Post são: Quem é você Alasca?, Deus é meu camarada, a série de livros Os Instrumentos Mortais e a trilogia Jogos Vorazes.
Neste Post eu irei falar de algo peculiar, as 5 mortes dos personagens literários que mais mexeram comigo. Tem Spoiler de alguns livros, como já foi dito, então se você é como eu que não lê mais o livro depois de alguém te contar algo que acontece nele, não leia. Mas se quiser leia por sua conta e risco:

____________________________________________________________________________


5. Não se sabe o nome - Deus é meu camarada.



Foi a única morte que me deixou de certa forma 'feliz' por ter acontecido. Pra quem leu sabe que o livro é contado em uma forma parecida com uma linha do tempo e no final ele iria morrer, mas o que deixou uma hora mais suave foi o fato dele ter morrido em paz com ele mesmo e ter morrido feliz com pensamentos positivos e não de uma forma trágica e injusta. Além disso o livro envolvia um 'mistério' que só foi revelado depois da morte do "Não se sabe o nome".



4. Ragnor Fell - Cidade de Vidro.


A princípio quando ele morreu eu não o conhecia então não liguei para a morte dele, mas aí lançou As Crônicas de Bane, e lá tinha um pouco mais do passado e da personalidade do nosso finado feiticeiro verde. Eu acabei lendo todas as crônicas sem lembrar que ele havia morrido, até que na última crônica eu lembrei  e acabei parando um pouco para poder lamentar a morte dele. Foi um pouco atrasado mas afinal o que vale é a intenção né?



3. Rue - Jogos Vorazes, Jogos Vorazes.


Foi lamentável, ela morreu de forma heróica, porém o que conseguiu me deixar triste foi o que a Katniss fez pela cadáver enfeitar com flores cantar uma canção para ela quando estava morrendo foi tão especial, foi tão fofo, foi tão ... emocionante.





2. Alasca Young.- Quem é você Alasca?


Ela morreu de uma forma rápida,  eu realmente estava prevendo que ela morreria, mas não daquele jeito, eu fiquei um pouco chocada. Mas eu achei interessante pois o livro não parou por aí, os personagens investigaram até o fim as possibilidades de "por que?" e isso foi muito agradável, pois não teve um final cliché e eu realmente consegui me envolver na investigação e nas teorias dos personagens. [Resenha: Quem é você, Alaska?]



1. Sebastian (Jonathan).- Cidade do Fogo Celestial.

O malvado irmão da Clary nos deixou no último livro da série, foi uma morte lenta e dolorosa, quando ele "morreu" em Cidade de Vidro eu não tinha uma opinião formada sobre ele, mas depois que ele "voltou" é que eu  passei a se familiarizar com ele e com o jeito dele, o momento em que ele morreu foi uma tortura, afinal ele é meu personagem favorito.




PORÉM AS MORTES NOS LIVROS SÃO ALGO INEVITÁVEL E TODOS NÓS SABEMOS QUE OS AUTORES GOSTAM DE BRINCAR COM NOSSOS CORAÇÕES. ;P





Laurinha Carvalho É uma estudante que em seu tempo livre ajuda seu amigo a administrar um blog. Seu maior sonho é... é Laura tem muitos grandes sonhos, todos não irão caber aqui. Facebook

←  Anterior Proxima  → Página inicial