lockquote Resenha: Jogos Vorazes ~ Diurnos - Os Leitores

sábado, 28 de fevereiro de 2015

Resenha: Jogos Vorazes



Título: Jogos Vorazes
Original: The Hunger Games
Ano de lançamento: 2008
Número de páginas: 497
Editora: Rocco
Avaliação: 5/5 +Favorito.
Sinopse: Após o fim da América do Norte, uma nova nação chamada Panem surge. Formada por doze distritos, é comandada com mão de ferro pela Capital. Uma das formas com que demonstram seu poder sobre o resto do carente país é com Jogos Vorazes, uma competição anual transmitida ao vivo pela televisão, em que um garoto e uma garota de doze a dezoito anos de cada distrito são selecionados e obrigados a lutar até a morte! Para evitar que sua irmã seja a mais nova vítima do programa, Katniss se oferece para participar em seu lugar. Vinda do empobrecido distrito 12, ela sabe como sobreviver em um ambiente hostil. Peeta, um garoto que ajudou sua família no passado, também foi selecionado. Caso vença, terá fama e fortuna. Se perder, morre. Mas para ganhar a competição, será preciso muito mais do que habilidade. Até onde Katniss estará disposta a ir para ser vitoriosa nos Jogos Vorazes?

Jogos Vorazes é uma distopia que conta a história de Katniss,  uma garota de 16 anos, que mora com sua mãe e sua irmã de 12 anos nos distrito 12. Como todas as crianças a partir 12 anos Prim terá que participar pela primeira vez dos Jogos Vorazes, um evento de Reality show promovido pela Capital todos os anos, onde 2 Tributos, um do sexo feminino e outro do sexo masculino , de cada um dos 12 distritos, são escolhidos para lutar pela sobrevivência e não morrer por um ataque em uma arena.

No dia da colheita, é feito o sorteio de quais serão os tributos, quem é escolhida para ir de tributo feminina é Prim, a qualquer custo Katniss quer proteger sua irmã e acaba se voluntariado para ir no lugar dela, para o tributo masculino é escolhido Peeta o filho do padeiro, que ajudou a família dela a não morrer de fome uma vez. Após o sorteio, Katniss se despede de sua família e de seu amigo Gale, e vai rumo a capital para se preparar para os jogos.

"A única coisa mais forte que o medo é a esperança".

O livro é narrado pela percepção de Katniss, que conta como ela faz para sobreviver na arena. Como ela está lá dentro, não temos noção do que está acontecendo fora dos jogos, diferente do filme que tem algumas cenas da capital e do Distrito.

Além de ser narrado em 1º pessoa, também é narrado no verbo presente, e isso foi ótimo pois deu uma noção de estar acontecendo e não de ter acontecido. Eu não tinha noção da história de quando eu li,  então fiquei surpresa de como a história era boa e de que ela se tratava. 

Eu li até a metade de A esperança, então além desta resenha também terá a de Em Chamas, segundo livro da séries. Foi melhor fazer separado, para não spoilear alguns fatos nas transições dos livros.
Se você ainda não leu, leia que vale super a pena, a história  é maravilhosa.

O Jorge já fez um post sobre a edição especial em inglês de The Hunger Games, confira aqui.


Laurinha Carvalho É uma estudante que em seu tempo livre ajuda seu amigo a administrar um blog. Seu maior sonho é... é Laura tem muitos grandes sonhos, todos não irão caber aqui. Facebook

←  Anterior Proxima  → Página inicial